EDUCAÇÃO: Aluna da Facape tem TCC publicado em revista internacional


Da Redação
Por: Prof. Taciano Medrado

A estudante do curso de Direito da Faculdade de Petrolina – Facape, Ítala Santos de Brito Alves, teve seu trabalho de conclusão de curso (TCC) publicado na revista internacional “International Journal of Advanced Engineering Research and Science” no dia 14 de abril. A aluna, que é deficiente visual, aborda a temática violência contra a mulher na pandemia e contou com o amparo do Núcleo de Atendimento Psicopedagógico (NAP) coordenado pela professora Rosi Rocha e de José Fernando Pachêco, estagiário do núcleo, além do seu orientador, o professor Luiz Pergentino.

Ítala relembra que desde o início da produção do seu trabalho de conclusão de curso tinha a intenção de publicá-lo, e ao se reunir com o orientador e a equipe do NAP, a ideia inicial era apenas publicar numa revista nacional. “A violência doméstica vem crescendo mundialmente em decorrência da pandemia e após a apresentação do meu TCC veio a ideia, sentamos e elaboramos a publicação na revista e qual revista seria. Só aí percebemos que publicar em uma revista a nível internacional traria mais visibilidade para o tema.”, conta a aluna.

Ao receber a notícia, a aluna afirma que a sensação é de felicidade, pois sempre foi o seu desejo. “É de uma satisfação incrível! Acho que não só para mim, mas também para o orientador, o pessoal do NAP... Ver uma pessoa com deficiência, além de realizar a defesa do TCC, publicá-lo numa revista a nível internacional. É muito satisfatório ver um trabalho meu nos dias finais de curso superior de forma tão gratificante.”, comemora.

O professor Luiz Pergentino, orientador do TCC de Ítala, acredita que há muito tempo os casos de violência doméstica deixaram de ser apenas casos de polícia, mas que devem ser tratados também como problema de saúde pública, pois geralmente as vítimas precisam de forte amparo psicológico. Por isso é importante que o tema seja discutido de forma ampla e sem preconceitos. “Creio que a informação, através de palestras, rodas de conversas e outras ferramentas do gênero, sejam úteis para acabar não só com a cultura de agressão contra a mulher, mas também resgatar o agressor.”, pontua o professor.

Para a coordenadora do NAP, Rosi Rocha, esse tema é de uma produção muito relevante, tanto para a área do direito, quanto para área da sociologia, discussões sobre gênero e reflexões sobre a condição da mulher vítima em meio a pandemia

“É importante dizer que é uma conquista para a instituição, torna público o conhecimento que a Facape tem fomentado. É fundamental que o conhecimento produzido na instituição por estudantes e docentes seja divulgado. Tomamos esse passo no intuito de fortalecer a pesquisa na Facape, que é uma instituição que tem uma grande dimensão na região do Vale do São Francisco.”, declara a coordenadora. Rosi finaliza pontuando que essa é uma conquista não só individual e institucional, mas também para todas as mulheres e, sobretudo para mulheres com deficiência.

 

Assessoria de Comunicação da Facape

 

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS