MOURÃO: 'Não tem ruptura; Forças Armadas vão se pautar pela legalidade'

O vice-presidente é general da reserva e é respeitado entre os pares no Exército (foto: Agência Brasil/Reprodução)Da Redação
Por: Prof. Taciano Medrado

O vice-presidente Hamilton Mourão negou, nesta terça-feira (30), qualquer risco de golpe militar depois da troca dos comandantes das forças armadas. A declaração foi dada para a jornalista Andréia Sadi.

"Zero. Pode botar quem quiser, não tem ruptura institucional. As Forças Armadas vão se pautar pela legalidade, sempre”.

Segundo Mourão, o país precisa focar no que realmente importa no momento: o combate à pandemia.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou, na segunda-feira (29/03), uma reforma ministerial com seis trocas no primeiro escalão do governo. Entre elas, a troca do general da reserva Fernando Azevedo e Silva, que até então comandava a pasta da Defesa.

Nesta terça-feira, o Ministério da Defesa informou que os comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica deixaram seus cargos. Eles estavam reunidos desde o início da manhã para deliberar sobre a demissão conjunta.

As mudanças fizeram a população questionar a verdadeira intenção de Bolsonaro. 

O vice-presidente é general da reserva e é respeitado entre os pares no Exército.

 

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS