OPINIÃO: CARTA DE DESPEDIDA DE UM PROFESSOR E CIDADÃO "FILHO LEGÍTIMO" AO "EX-PREFEITO" DE JUAZEIRO , MARCUS PAULO DE ALCÂNTARA BOMFIM

 

foto montagem Professor Taciano Medrado

Por: Taciano Gustavo Medrado Sobrinho
Professor, Engenheiro, Administrador, Psicopedagogo e Matemático  e cidadão Juazeirense 

Prezado Paulo Bomfim, agora ex-prefeito de Juazeiro, e cidadão comum,  para a alegria dos 81.803 eleitores ( soma  dos votos de todos os candidatos opositores) e que disseram não ao senhor no dia 15 de novembro de 2020. O teor dessa carta poderia ter sido outra, mas não foi possível, o senhor não permitiu.

Restando apenas  quatro dias úteis do seu mandato como gestor público da quinta cidade mais populosa da Bahia, Juazeiroque se encerra  na próxima quinta-feira dia 31 de dezembro de 2020, e com ele, também, a sua breve e lastimável carreira  política, de  apenas 4 anos  - ainda bem  que foi interrompida nessas eleiçoes municipais - estou te escrevendo essa carta de despedida tomado pelo mais alto grau de racionalidade possível.


Penso que o seu mentor intelectual ao "inventar",  anos atrás,  a sua  criação como político não teve a preocupação de ensinar-lhe os princípios básicos essenciais que um gestor público deve ter, até porque talvez ele também não tivesse aprendido, e só se pode transmitir  para alguém  aquilo que se aprende. 

Mas como professor me sinto no dever de lhe  te dar um ajudinha, mesmo que  tardiamente, afinal a partir de 01 de janeiro o senhor  não será mais nenhum agente público quanto menos um gestor, mas que lhe poderá ser útil para refletir onde foi que o senhor cometeu seus erros e possa reavalia-los, caso  decida ainda se enveredar  no mundo da  politica .

Um gestor público é aquela pessoa jurídica que está pensando sempre no bem-estar coletivo, o gestor é responsável por gerir empresas públicas, organizações não governamentais e projetos de empresas privadas desenvolvidos em parceria com o poder público, as chamadas PPP,s. 

O gestor público atua principalmente em organizações públicas municipais, estaduais ou federais, sendo responsável pela “profissionalização” do trabalho. Observe bem o termo "profissionalização "  não apadrinhamento, favoritismo ou coisa similar que o senhor usou durante os 4 anos de mandato á frente da prefeitura de Juazeiro.

Nossa cidade é sabidamente muito acolhedora para com os que aqui chegam para se estabelecer fixando morada, tanto que permitiu  que o senhor em menos de 10 anos aqui  erradicado se tornasse prefeito, mas lamentavelmente o espírito de reciprocidade  para com Juazeiro não foi percebido. 

Poderia tornar essa carta muito longa, mas vou resumir apontando os 07 principais erros que o levaram ao fracasso  tanto como gestor como político

Vamos !

Erro 01: Escolha do Secretariado e assessores comprometidos apenas com  militância  político-partidária e menos com o povo.

Para que um prefeito administre uma cidade com competência é preciso nomear cidadãos e cidadãs com notório conhecimento técnico e não apenas pelo simples fato das indicações feitas pelos partidos que fizeram composição durante a campanha eleitoral, que na maioria das vezes, indicam pessoas despreparadas  e carentes de competências,  mas ativos em militância politico partidária. Assim foi o seu governo

Erro nº 02 - Subserviência político-partidário em detrimento dos interesses do povo .

Aprendi desde de cedo que um politico quando se elege prefeito de uma cidade, tão logo assuma as suas atribuições, deve governar para toda sua população e não apenas para os que votaram nele ou que o apoiaram. 

Ao se recusar, por inúmeras vezes, recepcionar o mandatário da nação, o presidente Jair Bolsonaro nas suas duas visitas que fez a região, simplesmente por ter sido opositor nas ultimas  eleições de 2018, derrotando de forma esmagadora a esquerda, ideologia que o senhor faz parte e o PT, e com essa atitude o senhor  deu  uma demonstração inequívoca de  falta de habilidade e preparo politico na lida com os problemas de interesse do povo. Assim foi o seu governo

Erro nº 03 - Inércia diante de denuncias gravíssimas contra servidores municipais.

Durante os 4 anos do seu mandato, inúmeras denúncias de crimes atos ímprobos  vieram a tona envolvendo servidores e funcionários ocupantes de  cargos de primeiro e segundo escalões do seu governo, junto ao MP,  que resultou em processos que correm na justiça,  e no entanto,  o senhor não  afastou esses envolvidos como fez  questão de ignorar  e sequer ouvir  as manifestações públicas indignadas, numa demonstração de total desdém e deboche com a população. .Assim foi o seu governo

Erro nº 04 - Confundir a Pessoa Jurídica de direito Público com a  Pessoa Física.

Inúmeras vezes  a população de Juazeiro foi testemunha das suas militâncias politicas  em defesa de um  ex-presidente julgado em tres instancias e condenado a prisão onde cumpriu pena por  580 dias. No dia 12 de julho de 2017, Sérgio Moro, juiz federal de primeira instância, condenou Lula a nove anos e seis meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro na ação penal envolvendo um triplex no Guarujá. 

São incontáveis os vídeos e imagens onde aparece o senhor  na condição de gestor publico inaugurando obras e participando de eventos vestido na camisa vermelha com a estampa da foto de Lula, numa atitude de afrontamento àqueles que não  rezava na cartilha do seu partido favorito, como eu e milhares de juazeirenses.

O senhor chegou a viajar em pleno meio da semana, se ausentando da prefeitura, para a capital baiana para recepcionar uma pessoa que não representava mais nenhuma, autoridade pública, pelo contrário tinha recém saído da carceragem da PF em Curitiba onde cumpria pena por envolvimento em atos de corrupção no pais ao longo dos 8 anos de seu mandato como presidente da república, e o pior, o senhor gravando vídeo ao lado de Lula e postando nas suas redes sociais como se quisessem mais uma vez desdenhar. Assim foi o seu governo

Erro nº 05: Falta de diálogo com a população e desrespeito com os professores aposentados e pensionista.

Fui testemunha e estive presente no movimento dos professores aposentados e pensionistas que foram á frente do Paço Municipal pra conversar com o senhor e tiveram as portas da prefeitura fechadas na cara. Nem um representante seu teve a dignidade de sair para ouvir as reivindicações das categorias. 

Quando se viu criticado por parte dos munícipes insatisfeitos com sua administração chamou-os publicamente de "Desocupados", numa demonstração mais uma vez de que não estava preparado para receber criticas, características que um bom gestor público deve ter. Assim foi o seu governo

Erro nº 06: Quatro ano de governo em  seis  meses com fiz eleitoreiros.  

È notório e ficou ás claras vistas de que as ações efetivas de seu governo começaram a ser executadas de forma frenética nos últimos seis meses que antecederam as eleições municipais. Por que será ? Mais um lição que te ensinaram errado.

A cidade virou um "canteiro de obras ' a toque de caixa , as ruas começaram a ser asfaltadas de qualquer forma, muitas delas com sério problemas de infraestrutura de saneamento básico sem serem resolvidos, basta se verificar como ficou a cidade após as ultimas chuvas que caíram alagando ruas e casas devido a deficiência de drenagem . Assim foi o seu governo

Erro nº 07 :  Caos na Saúde e na Educação, dois pilares básico de uma gestão.

Dentre todos os pontos citados por mim anteriormente, esses dois foram indubitavelmente os mais nefrálgicos do seu governo, eu diria que foram o "calcanhar de Aquiles" da sua gestão. 

Ao invés de tentar mitigar os efeitos danosos da falta de politicas públicas eficazes nessas áreas, o senhor se limitou a apresentar números incompatíveis com o que de fato estava e ainda está acontecendo na cidade. Faltou-lhe, mais uma vez humildade para reconhecer os erros, mas sobrou arrogância e prepotencia para contestar quem discordava das suas ilações. Assim foi o seu governo

Considerações finais 

Por fim, sei que  muitos juazeirenses  não vão gostar  dessa comparação, mas  não poderia deixar de faze-la, afinal Petrolina sempre foi uma cidade modelo para Juazeiro em vários aspectos  - Desenvolvimento, gestão publica - politica , etc.  

Vou começar fazendo um paralelo da gestão Paulo Bomfim com a gestão da vizinha cidade de Petrolina no sertão pernambucano, sob a tutela de um jovem de apenas 30 anos de idade chamado Miguel Coelho, que deu um show de administração e continuará dando nos próximos quatro anos, um dos prefeitos que obteve uma das maiores votações nesse pleito municipal no pais. 

Os resultados dessa comparação? Miguel Coelho reeleito para mais quatro  mandatos com 121.300 votos, o correspondente a 76,19% dos votos válidos, enquanto o prefeito de Juazeiro amargou uma acachapante derrota com uma diferença de 30.676 votos em favor de Suzana Ramos , eleita a primeira mulher prefeita na história da politica de Juazeiro. Precisa dizer mais alguma coisa? ou os números matemáticos respondem por si?

No mais espero que o senhor leia essa minha carta e reflita sobre a possibilidade de nunca mais se arvorar no campo da gestão pública, para o seu bem e do povo. Siga outros caminhos que possa ser compatível com a sua qualificação técnica.

Siga em Paz e não volte mais !!

 

Compartilhe:

Comentário(s)
4 Comentário(s)

4 comentários:

  1. Tudo o que eu , professora LEILA gostaria de dizer. Espero Professor Taciano que esse cidadão leia más o cinismo desse ex gestor é grande. Não dará importância à esse texto maravilhoso e verdadeiro.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Leila. Certamente ele não lerá , mas os "puxa-sacos" e coniventes com esse desastroso Desgoverno lerá . Isso eu tenho certeza absoluta .Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. O sinismo o deboche com certeza foi um grande agravante pra essa derrotar esmagadora.
    Ele foi expulso como um judas traidor.

    ResponderExcluir

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS