RELIGIÃO: FIÉIS CATÓLICOS DE JUAZEIRO COMEMORAM HOJE, 08 DE SETEMBRO O DIA DA SUA PADROEIRA


foto reprodução internet

Da:  Redação
Prof. Taciano Medrado

Nossa Senhora das Grotas é um título dado à Virgem Maria, invocada na Igreja Católica. Esta devoção surgiu a partir de uma imagem proveniente de grotas, na região do Vale do São Francisco.


ORIGENS

evangelização na região São Franciscana, Iniciou – se por volta de 1700, devido à visita pastora do Arcebispo D. João Franco de Oliveira, no ano de 1694, promovendo as criações das Missões, e, dentre elas, a Missão da Passagem de Juazeiro. Em decorrência desse interesse da catequese dos indígenas, instalou-se então a Passagem do Juazeiro, uma Missão de Franciscanos, que aldeiou, em 1706, os Índios Tamaquins, também chamados Tanaquéus, e os Maçacarás. Ainda em 1706.


Um índio encontrou nas grotas do rio São Francisco, uma bela imagem de uma SantaGrota essa, situada em Juazeiro Velho, onde hoje é a Rua XV de novembro, antigamente o início do bairro São Geraldo em Juazeiro. O índio ficou tão espantado, pois nunca tinha visto coisa parecida. Com todo respeito tomou a imagem nos braços e logo encontrou um vaqueiro que, se mostrou confuso diante daquela situação. Levaram a imagem da santa para mostrar a um franciscano, que explicou todo o mistério daquela peça trabalhada em madeira. Anos antes, a missão franciscana tinha erguido um convento e uma igreja de alvenaria, localizada hoje onde está situada a Praça do Boi, em Juazeiro.


Pelo fato de ter sido encontrada em uma grota, foi batizada com o título de Senhora das Grotas, pela aquela pequena comunidade. A notícia espalhou-se por toda a vizinhança e vários fiéis vinham visitar e conhecer a Santa.


Paróquia Nossa Senhora das Grotas, foi fundada em 26 de março de 1840, pertencendo diretamente à Arquidiocese de São Salvador, até o ano de 1913, quando foi criada, a Diocese da Barra, sendo inaugurada em 1915. Sendo Primeiro Vigário da Paróquia de Juazeiro, o Padre Caetano de Araujo Mato Grosso, que dedicou a sua vida à Paróquia, porque foi nomeado Vigário em caráter perpétuo e empossado a 24 de agosto de 1841, permanecendo a serviço de Deus e da Santíssima Virgem durante 44 anos, falecendo no dia 15 de outubro de 1885, em um prédio na Rua Visconde do Rio Branco na Vila de Juazeiro.


A Imagem da Virgem Senhora das Grotas, ficava hospedada na Casa de Passagem da Vila, durante todo esse tempo, até que então foi criada a primeira Igreja Matriz, onde em 1833 já a existia, na Vila também chamada de Nossa Senhora das Grotas do Joaseiro, que deu origem à atual sede do município, sucessivamente, tornando-se a Padroeira da Cidade de Juazeiro-Bahia. A Segunda Igreja Matriz, foi ainda construída por Pe. Caetano, com muitos esforços para concluir a obra que iniciou em 1854, quando foi assentada a pedra principal da construção do novo templo. Faltavam, então, apenas 23 anos, para o desabamento da Primeira Igreja Matriz de Nossa Senhora das Grotas de Juazeiro, ocorrido em 1887. Assim, foi inaugurada em 1868 por Pe. Caetano de Araujo Mato Grosso, vale salientar-se que quatorze anos depois de iniciada, e ainda incompleta a segunda Igreja de Nossa Senhora das Grotas, da Vila de Juazeiro.


A população da Vila de Juazeiro embora muito pobre, todos continuavam oferecendo suas contribuições e os trabalhos se arrastando lentamente. Dez anos mais tarde, em 1878, foram concluídos os altares da nova Igreja que, a 8 de setembro daquele ano, era festivamente reinaugurada, feliz o Pe. Mato Grosso por haver atingido a grande meta de sua vida.


Por volta do ano de 1954, foi reformada antiga igreja matriz de Nossa Senhora das Grotas, para a comemoração do Ano da Graça 1956, onde a comemorou os 150 Anos do surgimento da Virgem Senhora das Grotas. Em 1962, a Segunda Igreja Matriz, passou por reformas para a implantação da Diocese, tornando-se Igreja Mãe da Diocese de Juazeiro. A cidade festejou com o maior júbilo em 10 de fevereiro de 1963, a solene instalação da Diocese e a posse do seu primeiro bispo, em atos presididos pelo Excelentíssimo Senhor Bispo Diocesano da Barra do Rio Grande - D. João Batista Muniz, da Congregação do Santíssimo Redentor, e delegado do Excelentíssimo Senhor Núncio Apostólico - D. Armando Lombardi.


Atualmente

Hoje a Paróquia da Catedral Santuário Nossa Senhora das Grotas, é composta por mais de 45 comunidades na sede e no interior de Juazeiro. Contendo diversas pastorais e movimentos, abrangendo mais de 120 mil habitantes, tendo como as principais festividades a PáscoaPentecostes, Festa da Padroeira e o Natal. A Imagem de Nossa Senhora das Grotas, completou 310 anos de veneração, em 2016 e é venerada com muito amor, fervor, respeito e devoção, permanecendo no altar-mor da Catedral em ótimo estado de conservação.



fonte: Wikipédia

Para ler outras matérias  acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.




Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ENQUETE

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS