FEBRABAN: ENTIDADES NÃO CHEGAM A ACORDO SOBRE FUNCIONAMENTO DE BANCOS EM FERIADOS ANTECIPADOS


foto divulgação 

Da Redação
Prof. Taciano Medrado

Olá caríssimo(a)s leitore(a)s,

Segundo matéria publicado no jornal eletrônica  A  TARDE na sua edição desse sábado(23)após mais de três horas de reunião, realizada por videoconferência, na tarde deste sábado, 23, representantes da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e do Sindicato dos Bancários da Bahia não chegaram a um acordo em relação ao funcionamento das agências segunda, terça e quarta (25, 26 e 27). As entidades reivindicam o cumprimento dos decretos estadual e municipal, que anteciparam feriados com o objetivo de reduzir a taxa de contágio do coronavírus.
De acordo com a entidade sindical, os bancos alegaram que têm milhares de pessoas aguardando para receber os benefícios sociais. Por isto, querem abrir somente para a realização destes pagamentos, com a presença de menos de 30% dos funcionários nas agências.
De acordo com as empresas, o critério seria por adesão, desde que houvesse um quantitativo mínimo para assegurar que os benefícios sejam pagos em cada unidade. O sindicato denunciou que existem bancários sendo pressionados a irem nas agências a partir de segunda-feira.
“Sabemos do nosso papel nesse momento de crise. Queremos atender bem a população, mas exigimos respeito aos direitos dos trabalhadores. Nós bancários, vigilantes e prestadores estamos sobrecarregados, com jornadas exaustivas, sendo cobrados inclusive por metas. Já há vários casos de contaminação nas agências. E no momento do feriado sequer poderemos descansar? Vamos cobrar do governo do estado e das prefeituras que fiscalizem o cumprimento dos decretos”, afirma o presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, Augusto Vasconcelos.
Uma nova rodada de negociação deve ser aberta neste domingo, 24, porém, conforme o sindicato,  a Fenaban vai tentar obter autorização do Poder Público para o funcionamento das agências. 
Hora extra

Na oportunidade, as entidades reivindicaram que todos os bancários que fossem convocados a trabalhar nos três dias recebessem as horas extras integrais e não fosse utilizado banco de horas. Porém, a Fenaban informou que não tinha uniformidade quanto a isto, mas é sabido que Caixa, Itaú e Bradesco já se comprometeram a pagar as horas extras.

Além disso, reafirmaram a reivindicação para que todos os bancários, vigilantes e prestadores de serviço fossem submetidos a testes para Covid-19. O Sindicato da Bahia informou que vai solicitar fiscalização do Governo do Estado e das prefeituras para assegurar o cumprimento dos decretos.

Ainda segundo o sindicato, os bancários estão sobrecarregados, especialmente os da Caixa, que têm trabalhado aos sábados, em jornadas exaustivas. Neste momento, a cobrança das entidades sindicais é para que haja um período de descanso para garantir a saúde mental e física destes profissionais.

De acordo com o Sindicato dos Bancários, foram cobradas alternativas e a entidade sugeriu o reescalonamento do pagamento do Bolsa Família, das aposentadorias e do auxílio emergencial. Mas, os bancos alegam que não é possível porque as datas são definidas pelo governo federal.


Para ler outras matérias  acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ENQUETE

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS