OPINIÃO DO PROFESSOR: POLITICA OU POLITICAGEM ?



Por. Taciano Gustavo Medrado Sobrinho
Professor , Engenheiro , Administrador , psicopedagogo

Amanhã será  o “dead line” (prazo final) dado pelo TSE – Tribunal de Justiça Eleitoral para que os partidos façam as filiações de seus pré-candidatos a uma vaga no legislativo  e no executivo municipal. Não obstante a população esta assustada com a pandemia do coronavirus , a vida continua , alias tem que continuar . Não podemos parar ! 

Nota - se em diversas cidades do pais e em Juazeiro-BA não poderia ser diferente,  que a disputa eleitoral já teve inicio bem mesmo antes de começar oficialmente  as eleições de 2020 e as divergências  já começam a tomar corpo. Por que afirmo isso ? Vou explicar melhor !

Muitos ditos "coordenadores" de campanha, que se intitulam "cientistas políticos" e não os são! ,  que imaginavam ter em poder das suas mãos possíveis pré-candidatos como filiados, estão sendo surpreendidos com decisões contrárias ao que eles imaginavam, e o pior custam aceitar , afinal,  todo cidadão de acordo com a constituição federal tem o livre arbítrio de escolher a qual partido deva ser filiar independentemente se agrade ou deixe de agradar a amigos ou até mesmo a familiares . 

Tomei emprestado da literatura , um conceito muito técnico do que seja , POLITICA, pois me parece que esses tais "coordenadores" desconhecem completamente , senão vejamos: 

"Política é a ciência da governança de um Estado ou Nação e também uma arte de negociação para compatibilizar interesses." "O termo tem origem no grego politiká, uma derivação de polis que designa aquilo que é público e tikós, que se refere ao bem comum de todas as pessoas. O significado de política é muito abrangente e está, em geral, relacionado com aquilo que diz respeito ao espaço público e ao bem dos cidadãos."

Dai algumas  perguntas se fazem necessárias  : 

Será que no Brasil se pratica verdadeiramente a "Politica"? ou a "politicagem" ? Será que no Brasil de fato a "politica " é compreendida como uma arte  de negociação para compatibilizar interesses na busca pelo bem comum de todas as pessoas ? Ou Será que no Brasil de fato a "politica " é compreendida como uma arte  de negociação para compatibilizar interesses pessoais ? 

Lamentavelmente ainda percebemos que prevalece os "modus operandi" praticados na politica brasileira, enraizada desde dos tempos dos "coronéis sem patentes " , não dos legítimos por direito, mas do favoritismo  do voto em troca de uma promessa de emprego para si ou para os parentes dentre outras ofertas . 

Por fim , penso que não podemos mudar um pais,  se não mudarmos urgentemente a maneira de pensar daqueles que se intitulam "políticos", sob pena de continuarmos "enxugado gelo" e os politiqueiros  de plantão se locupletando .
É assim que eu penso!

Compartilhe:

Comentário(s)
1 Comentário(s)

Um comentário:

  1. Politicagem pura, não de interesses próprios como vaidade pessoal, superego, ambição exarcebada, práticas da política do ter e não do SER....Infelizmente a disputa pelo poder. Desencantada!!! E ainda tem os que querendo negar essa vaidade, tentam sensibilizar pessoas usando o nome de Deus....

    ResponderExcluir

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS