OPINIÃO DO PROFESSOR : BRASIL UM PAIS ONDE PREVALECE A "INVERSÃO DE VALORES".




Prof. Taciano Gustavo Medrado Sobrinho 
Professor, Engenheiro, Administrador de Empresas e Psicopedagogo

A cada dia como  brasileiro tenho  a convicção de que o Brasil se tornou ao longo dos  16 anos, um pais das  "inversão de valores " .  

Quantas vez nós usuários das redes sociais em especial do Facebook e do instagram  assistimos videos pornográficos produzidos nos governos de Lula e Dilma , onde manifestantes pró-PT apareciam com seios e nádegas expostas numa demonstração pura ato e atentado ao pudor e no entanto essas imagens nunca foram removidas  pelo Facebook nem pelo Instagram , nem pelo You Tube . 
Para o Facebook isso é É PERMITIDO  

Quem não se lembra da famigerada exposição de uma cena que chocou  a todos os brasileiros  onde um homem se deita nu , no MAM - Museu de Arte Moderna no Ibirapuera, Zona Sul de São Paulo e uma criança do sexo feminino começa a observar e a tocar no corpo dele , e que os petistas  , comunistas como Caetano Veloso , Chico Buarque e mais outros artistas disseram se tratar de "arte contemporânea " e saíram em defesa quando houve a intervenção e a proibição da ato, alegando censura ás artes .
 
Para o Facebook isso é NÃO É PERMITIDO  
Quem não se lembra dos discursos de ódio de Lula  inflando  a população a fazerem balburdia e quebradeira no país? Quem não se lembra dos discursos da senhora Benedita da Silva convocando os militantes petistas para  uma luta armada e  que segundo ela seria varrida de sangue . 

Pois bem ! tudo isso aconteceu e muito mais outros fatos que não me vem a memória agora. 

Eis então,  que para surpresa nossa,  o  Facebook , You Tube e  Instagram, decidem cometer censura contra o presidente Jair Messais  Bolsonaro,   removendo  na última segunda-feira (30) um vídeo que o presidente havia  publicado no último domingo (29), onde ele aparece nas  imagens,  passeando  por Brasília em visita a uma feira livre. 

Segundo o G1, um porta-voz do Facebook afirmou que a plataforma remove "conteúdo no Facebook e Instagram que viole nossos Padrões da Comunidade, que não permitem desinformação que possa causar danos reais às pessoas".

A atitude das redes sociais segue a mesma linha do Twitter, que decidiu deletar dois vídeos do presidente publicados no microblog. Facebook e Instagram, por outro lado, mantiveram um vídeo de Bolsonaro em um supermercado.

O Twitter disse que "anunciou recentemente em todo o mundo a expansão de suas regras para abranger conteúdos que forem eventualmente contra informações de saúde pública orientadas por fontes oficiais e possam colocar as pessoas em maior risco de transmitir COVID-19". 

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ENQUETE

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS