JUAZEIRO - BAHIA : PREFEITO IGNORA DECISÃO JUDICIAL E MANTEM ATRAÇÕES QUE FAZEM APOLOGIA A VIOLÊNCIA E A DESQUALIFICAÇÃO DA MULHER NO CARNAVAL .


Atracões proibidas pela justiça de se apresentarem no carnaval de Juazeiro 

Da Redação
Prof. Taciano Medrado

Numa demonstração  de total desrespeito às leis e tentando mostrar , força e poder, o prefeito (coordenação do carnaval) mantém a contratação de Igor Canário   e outros artistas que cantam músicas que menosprezam e desvalorizam a mulher e incentivam a violência ferindo Lei Municipal e Estadual , Anti Baixaria .

Veja abaixo o texto das duas leis :

A Lei Estadual nº 12.573/12 dispõe sobre a proibição do uso de recursos públicos para contratação de artistas que, em suas músicas, incentivem a violência ou exponham mulheres a situação de constrangimento, ou ainda, contenham manifestação de homofobia, discriminação racial ou  apologia ao uso de drogas ilícitas. 

Já a Lei Municipal nº 8.286/12 dispõe sobre a proibição de uso de recursos públicos para contratação de artistas que, em suas músicas, danças ou coreografias incentivem a violência ou exponham mulheres a situação de constrangimento.

Caso o prefeito insista em desafiar a justiça será penalizado em R$ 100.000,00 por dia como multa por desobediência. Resta saber: Quem vai pagar essa multa ?


Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.


Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Seguidores

Arquivo do blog