QUANTO MAIS MEXE FEDE: TSE muda versão para exoneração do servidor que denunciou irregularidades nas inserções de propagandas eleitorais e tenta politizar o caso. Veja as duas versões!

Foto divulgação

Da Redação
Por: Taciano Medrado

Sabe aquela situação em que o sujeito faz uma “merda” e depois tenta remendar e a gente diz: “para que se mexer fede mais”. Pois é assim que a assessoria do Tribunal Superior Eleitoral tenta fazer depois do escândalo da exoneração de um servidor de carreira om mais de 10 anos serviços prestado sem nenhum motivo aparentemente plausível na calada da noite e sob escolta.

VERSÃO 1:

Em princípio quando questionado o TSE informou que a exoneração ocorreu em virtude do período eleitoral” e que “a gestão do TSE vem realizando alterações gradativas em sua equipe”. 

VERSÃO 2: 

Agora nesta quarta-feira (26) já mudou a versão e diz que a exoneração do servidor Alexandre Gomes Machado foi motivada por "reiteradas práticas de assédio moral, inclusive por motivação política, que serão devidamente apuradas".

Machado afirmou em depoimento à Polícia Federal ter sido demitido após ter comunicado a superiores problemas na veiculação em uma rádio de propaganda da campanha do presidente Jair Bolsonaro, candidato à reeleição.

Em nota, o TSE afirmou que "a reação do referido servidor foi, claramente, uma tentativa de evitar sua possível e futura responsabilização em processo administrativo que será imediatamente instaurado" e que as alegações "são falsas e criminosas e, igualmente, serão responsabilizadas".

A corte eleitoral afirmou também que o servidor nunca informou à chefia imediata sobre "falhas de fiscalização e acompanhamento na veiculação de inserções de propaganda eleitoral gratuita". 

"Se o servidor, no exercício de suas funções, identificou alguma falha nos procedimentos, deveria, segundo a lei, ter comunicado imediata e formalmente ao superior hierárquico, sob pena de responsabilização", disse o TSE.

Com informações da Revista Consultor Jurídico

Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS