Bolsonaro recebe apoio maciço dos atletas de MMA brasileiro em encontro em São Paulo e diz em tom de ironia: " “O outro cara não vai. Brochou, pô", em referência ao debate no SBT

 

23 Lutadores participaram do encontro com Bolsonaro 

3 treinadores participaram do encontro com Bolsonaro 


O presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), recebeu o apoio de lutadores de artes marciais brasileiros como Roycie Gracie, José Aldo e Maurício Shogun, para o 2º turno das eleições. O chefe do Executivo se reuniu com o grupo nesta 6ª feira (21.out.2022) na escola Alliance Jiu Jitsu, em São Paulo.

Aos apoiadores, Bolsonaro confirmou que irá ao SBT à noite participar de sabatina, já que o seu oponente, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), não participará do debate. “O outro cara não vai. Brochou, pô. Acho que eu coloquei as mãos nas costas dele [no debate da Band], e ele ficou arrepiado”, disse.

No início de seu discurso na escola de Jiu Jitsu, o presidente declarou, em tom de brincadeira: “Eu não posso falar bem de mim. Eu sei que sou imbrochável. Sei disso. Entre outras qualidades que não vou falar aqui, porque, senão, podem me enquadrar em fake news”.

Bolsonaro ganhou uma luva e um cinturão dos atletas. Em determinado momento, um deles disse: “Essa luva é para 10 dedos”. Um deles fingiu ser o ex-presidente Lula. Bolsonaro, então, simulou dar socos nele. E disse: “Se tivesse com roupão vermelho, tinha enchido de porrada já”. Os lutadores gargalharam.

Desde a última 3ª feira (18.out), esses mesmos lutadores divulgam vídeo em apoio à reeleição do presidente. “Quem luta de verdade, vota 22”, afirmam na gravação publicada no Twitter, por Fabio Wajngarten, ex-secretário de Comunicação da Presidência que agora atua na equipe da campanha de Bolsonaro.

Das 23 pessoas presentes no vídeo, aparecem (da esquerda para a direita): Roycie Gracie, Fabrício Werdum, Popó, Maurício Shogun, Wanderlei Silva, Rafael dos Anjos, Thiago Marreta, José Aldo, Fábio Gurgel e Cris Cyborg.

Outros 3 se trata do técnico e fundador da Alliance Jiu-Jitsu, Romero Jacaré (centro); e os empresários Alexandre Correa (à esq.) e Tallis Gomes (à dir.):

No evento com Bolsonaro, alguns nomes que não estavam no vídeo marcaram presença na reunião com o presidente, como os lutadores Minotauro, Cara de Sapato, Murilo Ninja e o treinador André Pederneiras.

Nesta semana, o candidato também se reuniu com artistas da música sertaneja. Os cantores Gusttavo Lima, Leonardo, Chitãozinho, Zezé de Camargo e Marrone declararam apoio ao chefe do Executivo em sua disputa pelo Palácio do Planalto contra o ex-presidente Lula, em 30 de outubro.

Com informações do poder 360

Para ler a matéria na íntegra acesse nosso link na pagina principal do Instagram. www: professsortaciano medrado.com  e  Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS