GAFES DO LULA: Lula cita 'fazendeiros responsáveis' e tenta se redimir de fala em que chamou empresários do agro de 'fascistas'


Da Redação

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato do PT ao Palácio do Planalto, se articula para fazer um aceno ao agronegócio após chamar integrantes do setor de “fascistas e direitistas” durante entrevista ao Jornal Nacional, na semana passada. Interlocutores ligados ao segmento têm incentivado o petista a participar de uma sabatina no Canal Rural como parte da estratégia para acalmar os produtores.

Caso Lula aceite o convite, o programa será gravado em São Paulo e terá duração de uma hora, com previsão de ser exibido, sem edição, no dia 9. Os quatro presidenciáveis melhores colocados nas pesquisas foram chamados a participar: Lula, Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB). O pedetista já gravou entrevista, que deverá ir ao ar na próxima terça-feira, dia 6, às 19h.

O próprio Lula já se convenceu sobre a necessidade de conceder a entrevista ao Canal Rural. Ele deverá usar o espaço para se explicar sobre a declaração e apresentar propostas voltadas ao setor, no qual o presidente Jair Bolsonaro encontra amplo apoio.

No último domingo, o petista conversou por uma hora com o senador licenciado Carlos Fávaro (PSD-MT), uma de suas pontes de contato com o agro, e pediu orientações sobre pontos que deve abordar, como produção sustentável, mercado internacional, infraestrutura e relação do PT com o Movimento dos Sem Terra (MST). A assessoria do ex-presidente confirma que está negociando uma data com a emissora.

— O que o Lula pode e deve fazer no Canal Rural não é se retratar. É dizer que a imensa maioria, formada por produtores e honestos, terão as portas abertas no governo dele. É contextualizar de novo. E isso que eu falei pra ele — afirma Fávaro.

Antes mesmo de confirmar presença na sabatina, Lula já começou a trabalhar para atenuar os danos causados pela sua declaração. O primeiro afago foi feito durante um comício em Manaus (AM) na quarta-feira, quando o presidenciável fez questão de citar “fazendeiros responsáveis” ao distingui-los de invasores de terras indígenas.

— Não haverá mais invasão nas terras indígenas desse país. O Brasil tem muita terra e quem tenta invadir a terra de vocês são grileiros irresponsáveis. Os fazendeiros responsáveis, que plantam para exportar, sabem que não podem invadir terra de índio. Ele sabe que não pode desmatar, ele sabe que não pode fazer queimada porque os gringos não vão comprar mais as coisas que ele produz. Então, nós vamos tratar com respeito as pessoas que sabem respeitar — disse.

O episódio, que agora Lula tenta corrigir, ocorreu na última quinta-feira, 25. Questionado durante a entrevista ao Jornal Nacional se o agronegócio fazia oposição ao meio ambiente sustentável, o petista usou os termos fascista e direitista para classificar parte do segmento:

— Faz, faz, o agronegócio que é fascista e direitista. Porque os empresários sérios que trabalham no agronegócio, que exportam para a Europa e para a China, esses não querem desmatar.

O trecho em que Lula diz que “o agronegócio que é fascista e direitista” foi editado do resto da frase e distribuído nas redes sociais bolsonaristas, dando munição ao discurso adversário de que o presidenciável é contrário ao setor.

Com informações do portal Extra Globo


Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com  / Siga o blog do professorTM/EJ  no Facebook, e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS