SEM ELEMENTOS PROBATÓRIOS: Lewandowski arquiva notícia-crime de deputados do PSOL contra Bolsonaro

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A pedido da Procuradoria-Geral da República, o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, arquivou uma notícia-crime apresentada por nove deputados federais contra o presidente Jair Bolsonaro pela suposta prática dos crimes de perigo para a vida ou saúde de outras pessoas, infração de medida sanitária preventiva e submissão de menor a vexame ou constrangimento. As informações são de Revista Consultor Jurídico.

Os parlamentares, todos do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), alegaram que Bolsonaro, desde o início da crise da Covid-19, menosprezou orientações de autoridades sanitárias nacionais e internacionais e contrariou medidas de prevenção ao contágio pela doença.

Com relação aos menores de idade, os deputados citaram ocasiões em que o presidente abaixou a máscara de uma criança de colo e incentivou outra a retirar a proteção, além de, durante sua live semanal, defender que crianças não usem máscaras

Na manifestação da PGR, a subprocuradora-geral Lindôra Maria Araújo disse não haver elementos mínimos que indicassem a vontade livre e consciente de Bolsonaro de criar uma situação capaz de expor a vida ou a saúde das pessoas a perigo direto e iminente.

Segundo ela, deveria haver prova de que o presidente estivesse infectado pelo coronavírus em alguma das ocasiões relatadas. Quanto ao descumprimento da exigência de uso de máscara, Lindôra considerou que a conduta teria "baixa lesividade".

Já Lewandowski lembrou que "a jurisprudência do STF é consolidada quanto a ser impositivo o acolhimento de manifestação ministerial a indicar a inexistência de elementos mínimos probatórios quanto à ocorrência de ilícitos penais".

O ministro ressaltou, no entanto, que o arquivamento da petição não impede a reabertura de investigações criminais caso surjam novas provas. Com informações da assessoria de imprensa do STF.

Clique aqui para ler a decisão
Pet. 9.759

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Siga o blog do professorTM/EJ  no Facebook, e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS