ASSÉDIO JUDICIAL: Lula processa padre que o chamou de :"O maior ladrão que o mundo já viu, o senhor Luiz Inácio Lula da Silva."

Foto: Captura de tela- You tube

O pré-candidato à Presidência, Lula (PT), acionou judicialmente na Justiça de São Paulo (SP) um sacerdote. O alvo do petista é o Padre Edison Geraldo Bovo. 

O padre fez críticas ao petista durante uma missa na paróquia de São Roque, em Laranjal Paulista, no interior de São Paulo. Os advogados de Lula pedem na ação que o sacerdote apresente provas das acusações para avaliar uma posterior ação por injúria, calúnia e difamação.

Nos seus comentários, o padre disse que Lula é o “maior ladrão que o mundo já viu” e que teria comprado o STF. Um vídeo com a homilia do sacerdote foi compartilhado nas redes sociais.

O maior ladrão que o mundo já viu, o senhor Luiz Inácio Lula da Silva. Coitada da família dele, dos pais, da mãe que tem vergonha disso. Onde você pesquisar no mundo, é o pior”, afirmou o padre durante o sermão.

Sabe quanto que nós pagamos pra dizer que ele é bonzinho? (…) Esse dinheirinho é usado para pagar Supremo Tribunal, os advogados, para dizer ele é inocente, ele não fez nada, ele é bonzinho. (Lula) vai se candidatar e muita gente vai votar nele. Para com isso, gente. Se vocês não querem viver, se vocês estão cansados da vida, não judiem dos seus filhos, não judiem da geração que vai chegar”, disse o Padre Edilson Geraldo Bovo.

A iniciativa tem aparência de assédio judicial, pois é comum que políticos sejam criticados e alvos de comentários dessa natureza, sobretudo se já tiveram passagem pela cadeia.

De acordo com o site do Jusbrasil: "Assédio judicial não é peça nova no cenário atual. O assédio desta natureza, consiste na utilização do Poder Judiciário como forma de perseguição e intimidação, especialmente contra a imprensa ou contra vítimas de abusos que denunciam os crimes, vítimas de golpistas, e ainda, contra defensores dos direitos humanos, contra ambientalistas e entre outros profissionais da mídia e do direito à informação.

Este tipo de assédio à imprensa aparece como afronta ao direito fundamental da liberdade de expressão, uma vez que o recurso é utilizado para tentar calar a verdade. Os abusadores utilizam essas práticas, que temos acompanhado nos noticiários, por terem sido frequentemente aplicados contra jornalistas.

A prática também é utilizada contra vítimas de casos conhecidos do público como: a iniciativa de vítimas de abuso sexual ao redor do mundo, ao expor seus agressores de maneira online como nos movimentos virtuais que vimos há algum tempo, como o 'MeToo' e 'Exposed', surgindo como novas tentativas de silenciamento das vítimas."

Assista abaixo ao vídeo em que o padre critica Lula:

As informações são do NovaIguaçu24horas.

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Siga o blog do professorTM/EJ  no Facebook, e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS