SENSATEZ: Na contramão do discurso do ministro Luiz FUX do STF, procurador-geral da República, Augusto Aras classificou as manifestações como sendo uma : "festa cívica" , e pontuou: "a voz da rua é a voz da liberdade". VEJA VÍDEO!!

 

foto reprodução internet
Da   Redação

Na contramão do discurso do presidente do STF, ministro Luiz Fux, o procurador-geral da República, Augusto Aras, foi mais cauteloso e minimizou os atos realizados pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nesta terça-feira (7). Aras classificou como "festa cívica" e pontuou que "a voz da rua é a voz da liberdade". O PGR participou da abertura da sessão do Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quarta (8).

"Acompanhamos uma festa cívica que ocorreu de forma ordeira. O 7 de setembro foi uma festa do Brasil. A voz da rua é a voz da liberdade. Como previsto na Constituição, discordâncias, sendo políticas e processuais são legais.  A harmonia tem que ser buscada por todos. Não podemos desprezar os recursos e ferramentas. Por meios de vias formais, assegura que as minorias tenham voz", comentou.

Aras disse também que a democracia é um grande "concerto de interesses públicos" e, "mediante ao diálogo, com discordância" é possível conseguir chegar na paz. "Amamos a democracia, pois dela floresce a liberdade. Reafirmamos que, juntos, trabalhando por uma sociedade livre, aperfeiçoamos nossa democracia", acrescentou. 


Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS