CRIME DE FALSIFICAÇÃO DE INFORMAÇÃO: Anvisa diz que um membro da delegação argentina falsificou informações dos atletas

Da   Redação

Em documento oficial publicado Anvisa há relatos de que Fernando Ariel Batistau membro da delegação da Argentina, foi quem falsificou as informações de quatro jogadores da seleção. 

A informação é do site G1. Por causa disso, o jogo entre Brasil e Argentina, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, foi suspenso após quatro minutos de bola rolando na Neo Química Arena, na tarde deste domingo (5) (LEIA AQUI)

Batista não informou que Emiliano Martínez, Buendía, Cristian Romero e Giovani Lo Celso haviam passado pelo Reino Unido antes de entrar no Brasil. O quarteto deveria ter cumprido quarentena descumprindo as regeras de combate à disseminação do Coronavírus.

O clássico sul-americano entre as duas seleções foi suspenso pela Conmebol e agora caberá à Fifa decidir o futuro da partida, válida pela sexta rodada das eliminatórias. Apesar de ter um jogo a menos do que os demais concorrentes, o Brasil é o líder da tabela de classificação com 21 pontos, seguido pela Argentina, que tem 15.

 

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS