AFEGANISTÃO: Professor diz que explosão em Cabul pode estar ligada ao Estado Islâmico.

Mulheres feridas chegam a um hospital para tratamento após duas explosões no aeroporto de Cabul, no Afeganistão, nesta quinta (26) — Foto: Wakil Kohsar/AFP

Da   Redação

O professor de Relações Internacionais Tanguy Baghdadi disse hoje, em entrevista ao UOL News, que a explosão próxima ao Aeroporto de Cabul, no Afeganistão, pode estar ligada a uma autoria do grupo terrorista Estado Islâmico. Um oficial do Talibã afirmou à Reuters que ao menos 13 pessoas morreram, entre elas crianças. Pelo menos 30 pessoas deram entrada em hospitais de Cabul com ferimentos, de acordo com a emissora britânica Sky News.

Muito improvável que seja algo ligado ao talibã. Então, neste momento, a probabilidade maior é que seja algo ligado ao ISIS-K, que é o Estado Islâmico ali na região do Afeganistão, Paquistão e perto da fronteira com o Irã."Tanguy Baghdadi ao UOL News Para o professor e criador do podcast Petit Journal, que aborda assuntos de política internacional e economia, há a "possibilidade real e severa" de ocorrer novos ataques terroristas na região. "É importante lembrar que o Estado Islâmico tem conhecimento sobre como fazer atentados desse tipo. Está longe de ser o primeiro atentado que o ISIS faz no Afeganistão.

Ao longo dos últimos meses, a gente tem visto dezenas de ataques como esse como esse. Inclusive ataques em escolas, atingindo crianças, atingindo civis. Não é um grupo que consiga ser parado com muita facilidade." O docente ainda destacou que o objetivo de atentados terroristas é justamente "chamar a atenção" e o aeroporto de Cabul vira um alvo já que o mundo inteiro está vendo o horror que aflige o país após a chegada do Talibã.

A tendência é que o Estado Islâmico, de fato, tente aproveitar a vulnerabilidade desse aeroporto para chamar a atenção para o seu nome, a sua causa, conseguir recrutas, dinheiro, financiamento, ser mais temido e se mostrar como uma resistência real ao Talibã. Não por uma via democrática, via laica, mas por uma via de ainda mais radicalismo religioso." Baghdadi explicou que seria muito difícil impedir um atentado terrorista com essas proporções visto que os arredores do aeroporto de Cabul estão lotados de afegãos que tentam sair do país.

"Aquele desespero todo para as pessoas conseguirem sair, tentando entrar nos aviões, não estou falando apenas de aeronaves norte-americanas, a tendência é isso se torne ainda mais dramático. É muito difícil imaginar quais serão os próximos passos", disse o professor. Segundo o podcaster, nas próximas horas, os países, incluindo os EUA, o Talibã e o autor — ou autores — dos ataques devem se pronunciar sobre o caso e decisões futuras sobre a retirada de civis e militares do Afeganistão. "A realização, a ocorrência de explosões como essas, dá muita força para o Estado Islâmico e joga pressão, portanto, não apenas para os Estados Unidos, mas também sobre o próprio Talibã", finalizou.

Explosão

Uma explosão atingiu hoje os arredores do Aeroporto Internacional de Cabul, no Afeganistão, e deixou mortos em meio à retirada de afegãos e estrangeiros após o Talibã tomar controle do país. A informação foi confirmada pelo secretário de imprensa do Pentágono, John Kirby, que relatou ainda uma segunda explosão no Hotel Baron, que fica próximo ao local.

Um oficial do Talibã afirmou à Reuters que ao menos 13 pessoas morreram, entre elas crianças. Pelo menos 30 pessoas deram entrada em hospitais de Cabul com ferimentos, de acordo com a emissora britânica Sky News.

"Podemos confirmar que a explosão no portão Gate foi o resultado de um ataque complexo que resultou em várias americanas e civis. Podemos também confirmar pelo menos uma outra explosão no Baron Hotel ou próximo a ele, a uma curta distância do portão Abbey", disse Kirby em comunicado publicado no Twitter. O jornal The Jerusalem Post afirmou que a investigação inicial aponta para um ataque suicida com bomba. Diplomatas ocidentais ainda na cidade também disseram a agências de notícias que acreditam nesta possibilidade como a mais provável.

Segundo informações preliminares, a explosão ocorreu próxima do portão "Abbey", em uma área onde os civis afegãos têm seus documentos analisados. Esse local é onde ficam, majoritariamente, as tropas do Reino Unido. A confirmação de uma explosão na área externa do aeroporto de Cabul ocorre em meio a um temor manifestado por países como Reino Unido, Austrália e Estados Unidos com a possibilidade de um atentado no local.

Nas últimas horas, os três países aconselharam seus cidadãos a deixarem urgentemente a região do aeroporto, onde milhares de pessoas ainda se aglomeram na região na expectativa de sair do Afeganistão até 31 de agosto.

 *Com informações das agências AFP e Ansa, Reuters e RFI.

Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com


AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. Qualquer reclamação ou reparação é de inteira responsabilidade do comentador. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS