CORONAVÍRUS: Brasil registra mais de 20 mil mortes por Covid na semana, a 2ª mais letal da pandemia


Da Redação
Por: Prof. Taciano Medrado

O Brasil teve a segunda semana mais letal da pandemia, atrás somente da semana anterior. De 12 de abril até este domingo (18), foram registradas 20.149 mortes por Covid. As informações são da FolhaPress

Na semana anterior, a pior da pandemia até aqui, foram registrados 21.763 óbitos pela doença.

Neste domingo, foram registrados 41.694 casos da Covid e 1.553 mortes pela Covid. Aos finais de semana e segundas, os números relativos à Covid são menores por atrasos de notificação nas secretarias de saúde, que trabalham com equipes reduzidas nesse período.

Com os dados deste domingo, o Brasil soma 373.442 mortes por Covid e 13.941.828 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 desde o início da pandemia.

A média móvel de mortes agora está em 2.878 óbitos por dia. O Brasil completa 33 dias com média acima de 2.000 mortes por dia e 88 dias seguidos acima de 1.000. A média móvel é um instrumento estatístico usado para amenizar variações de dados. Ela é obtida pela soma de todas as mortes dos últimos sete dias e divisão do resultado por sete.

Os dados do país, coletados até as 20h, são fruto de colaboração entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diariamente com as secretarias de Saúde estaduais.

O consórcio de imprensa também atualizou as informações repassadas sobre a vacinação contra a Covid-19 por 16 estados e Distrito Federal.

Já foram aplicadas no total 35.774.530 doses de vacina (26.180.254 da primeira dose e 9.594.276 da segunda dose), de acordo com as informações disponibilizadas pelas secretarias de Saúde.

Neste domingo, foram aplicadas 155.701 primeiras doses e 114.491 segundas.

Com o total de doses aplicadas até o momento, 16,27% dos brasileiros maiores de 18 anos tomaram a primeira dose e só 5,96% a segunda.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.??


Para ler mais acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS