JUAZEIRO-BAHIA: Obra de requalificação é retomada na Avenida Adolfo Viana

 


Da Redação
Por: Prof. Taciano Medrado

Quem passou nesta segunda-feira (8) pela Avenida Adolfo Viana, Centro de Juazeiro, notou algumas máquinas no local. Operários passaram o dia demolindo a calçada do quarteirão onde está localizada uma agência bancária e retirando o entulho. A área foi sinalizada com cones e rede de proteção para evitar acidentes enquanto os operários trabalham no lugar.

Nesse período, estacionar no trecho onde está passando por obra ficará proibido. Dois agentes da Companhia de Segurança, Trânsito e Transportes (CSTT) estão no local dando apoio aos operários e orientando motoristas e pedestres para dar mais fluidez ao trânsito.

A Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) pede a compreensão da população, pois nesse momento inicial o tráfego na área pode ficar um pouco mais lento por causa da movimentação das máquinas usadas no serviço.

O serviço será feito em etapas, alternando os dois lados da Avenida Adolfo Viana e o estacionamento no trecho em obras será liberado à medida que o serviço for sendo concluído. O local ganhará novas calçadas com piso intertravado, piso tátil e rampas de acessibilidade para cadeirantes.

A obra está sendo executada pela empresa LUMAX  e conta com recursos de convênio firmado com a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (CONDER).

Texto e fotos: Edísia Santos – assessora de imprensa da SEDUR/ Ascom PMJ

 

Para ler outras matérias  acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS