CRIME: Suspeito acusado de cometer crime monstruoso contra uma idosa e sua cuidadora no sábado passado no Salitre é identificado e preso pela policia civil

foto internet/Google

Da Redação
Por: Prof. Taciano Medrado

Nesta segunda-feira (22), após investigação perpetrada continuadamente, o SI da Delegacia de Juazeiro e o Plantão da 1ªDT de Juazeiro fizeram diligências e obtiveram provas no local onde ocorreu o duplo homicídio de, Yvonice Marta Maia e Rosângela Aparecida Pereira, comparando rastros deixados e suas direções, verificando que levava a determinada localidade onde residia J.G.S.S., de 24 anos de idade, do qual já havia informações de que poderia ter sido o autor do bárbaro crime, onde uma idosa e sua cuidadora fora vítimas de homicídio com golpes de facão. 

Averiguando a situação, foi obtido que o suspeito esteve fora de casa na noite do crime e que já tinha dito que ia matar duas pessoas, sem informar quem seriam as vítimas. J.G. saiu de casa por volta das 17 horas do dia 20/02 e somente retornou para casa por volta das 20 horas, quando teria ido direto tomar banho. No dia seguinte, J.G. pediu à mãe para interná-lo no sanatório, tendo a família concordado, pois J.G. sempre ameaçava praticar suicídio.  Interrogado, J.G. confessou a prática delitiva, afirmando que saiu de sua casa às 17 horas do dia 20/02/2021, foi para sua roça e de lá "entrou em surto" e decidiu matar as duas mulheres, indo para casa delas. Disse que a idosa estava sentada e a golpeou primeiro usando o facão que pegou na cozinha da casa delas, tendo em seguida desferido também golpes na outra mulher. Afirmou que não tinha raiva das mulheres e que decidiu matá-las sem qualquer razão.  Disse que depois de consumar o crime voltou para sua casa.

O autor era sobrinho da esposa do caseiro da vítima e já tinha prestado serviço de agricultura na propriedade da vítima há algum tempo. Foram colhidas evidências de rastros da vítima no local e verificado que tinha lesões de corte em sua perna e costas, podendo ter sido em ato de defesa das vítimas.

Após autuado, J.G. foi submetido a exame de lesões corporais e recolhido  à carceragem do Complexo Policial de Juazeiro de onde deverá seguir para o Conjunto Penal local.

Fonte: Delegacia de Homicídios de Juazeiro

 

Para ler outras matérias  acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

 

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS