POLÍTICA: PGR ARQUIVA NOTÍCIA-CRIME DO MP-RJ CONTRA SENADOR FLÁVIO BOLSONARO

 

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Da redação
Prof.Taciano Medrado

 

A Procuradoria-Geral da República (PGR) arquivou na tarde desta quarta-feira (21), a notícia-crime contra o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos) por não comparecer na acareação com o empresário e seu suplente Paulo Marinho em 21 de setembro, na sede do Ministério Público Federal do Rio de Janeiro (MPF-RJ)

Na decisão proclamada, o procurador da República Aldo de Campos Costa entendeu que não houve prática do delito de desobediência, previsto no artigo 330 do Código Penal.

Em seu despacho, ele argumenta que : “O crime de desobediência (…) tem como núcleo o verbo “desobedecer”, que, em palavras similares, materializa-se nas condutas de não ceder à autoridade ou força de alguém, resistir ou infringir”. “No caso em apreço, não se vislumbram a resistência do senador Flávio Nantes Bolsonaro, tampouco a vontade específica de contrariar a ordem do procurador da República representante”

A notícia-crime contra Flávio havia sido feita na PGR pelo procurador do MPF-RJ, Eduardo Benones, no dia seguinte a ausência do senador na acareação com o seu suplente Paulo Marinho.

A defesa de Flávio desde o início sustenta que, como senador, ele tem a prerrogativa de escolher previamente dia, local e horário para esse tipo de procedimento e que sua ausência, com base na prerrogativa, foi avisada com antecedência.

O senador seria ouvido no dia 21 de setembro, na condição de testemunha, no processo que investiga se funcionários públicos federais teriam vazado informações ao senador sobre a operação Furna da Onça, realizada pela Polícia Federal, em novembro de 2018. Braço da Lava-Jato no Rio, a operação prendeu deputados estaduais suspeitos de participarem da organização criminosa comandada pelo ex-governador Sérgio Cabral. Segundo Paulo Marinho, o filho Zero Um de Jair Bolsonaro foi alertado com antecedência sobre as investigações e sobre a operação por um delegado da PF.

No dia em que estava marcada a acareação entre Flávio e Paulo Marinho, o senador estava em Manaus, no Amazonas.


Com informações da Gazeta Brasil 

 

Para ler outras matérias  acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS