JUSTIÇA; GLOBO E MAJU SÃO PROCESSADOS POR HOMEM ABSOLVIDO EM CASO DE RACISMO

 

A apresentadora Maria Júlia Coutinho 

Da redação
Prof. Taciano Medrad

A Globo e a apresentadora Maria Júlia Coutinho foram processados por um dos investigados pelos ataques racistas sofridos pela jornalista, em 2015. Kaique Batista, absolvido pela Justiça de São Paulo por falta de provas, pede R$ 800 mil como indenização por danos morais, além de direito de resposta

Segundo o processo, Kaique Batista desenvolveu depressão e síndrome do pânico durante a investigação e foi vítima de uma condenação midiática antes da sentença judicial. O valor cobrado à Globo se refere ao período em que ficou sem trabalhar e precisou trocar de residência.

Ele foi injustamente penalizado não apenas pela Globo, mas também por Maju, e sofreu durante cinco anos por uma denúncia infundada, pela qual foi absolvido. Ele está doente, desempregado, precisou fugir de casa para não ser apedrejado, e sua fotografia está em todos os lugares. A indenização é para compensar o sofrimento que ele teve durante estes cinco anos", justifica o advogado de Kaique Batista, Francisco Angelo Carbone Sobrinho, ao NaTelinha

O departamento de comunicação da Globo afirma que não comenta assuntos em julgamento. Em  março deste ano, dois réus foram condenadas por racismo e injúria racial conta Maju Coutinho. 

Com informações da Veja 


Para ler outras matérias  acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS