PREFEITO E SECRETÁRIA DE SAÚDE CONCEDEM ENTREVISTA E FALA SOBRE OS NÚMEROS DA COVID-19 EM JUAZEIRO

Fotos  redes sociais 

Da:  Redação
Prof. Taciano Medrado

Em entrevista realizada, em formato de live, nesta quinta-feira, dia 24, o prefeito de Juazeiro Paulo Bomfim, junto com a secretária de Saúde, Fabíola Ribeiro, atualizaram os dados da Covid-19 na cidade e falou sobre diversos pontos referentes ao vírus, inclusive sobre aglomerações vistas em alguns eventos da cidade e também sobre repercussão da aglomeração vista nos feriados de 7 e 8 de setembro.

Paulo Bomfim, se mostrou bastante preocupado com a movimentação da população em alguns eventos e bares e restaurantes: "Temos observado alguns eventos inclusive políticos, causando aglomerações. Precisamos fazer nossa parte e proteger vidas. Se você observar que o evento que você está, já ultrapassou a quantidade de 100 pessoas, recue, volte em outro evento. Vamos evitar aglomerações para que os números da Covid não cresçam". Vale lembrar, que por determinação do Governo da Bahia, eventos com até 100 pessoas estão liberados.

Sobre a repercussão das aglomerações vistas no último feriado em setembro, a secretária de Saúde confirmou que até o momento não teve impacto, mas que ainda é preciso esperar mais alguns dias para ter certeza que não afetou nos números, mas fez um alerta: "Eu como profissional de saúde, perdi um colega ontem para a covid-19. Estamos num momento confortável de números, mas as vezes é preciso que aconteça um choque para que as pessoas se conscientizem que a pandemia não acabou. A gente precisa respeitar esse vírus" disse ela.

O prefeito e a secretária de saúde comentaram e esclareceram sobre o valor de R$ 45 milhões que teria sido destinado à Juazeiro para o combate ao novo coronavírus. Segundo o gestor, nos cofres públicos da cidade, entrou apenas, cerca de R$ 14 milhões: "Gostaria até que tivéssemos recebido esse valor de R$ 45 milhões, por que faríamos ainda mais ações de combate ao vírus. Vale lembrar que Juazeiro é uma cidade-polo, que contempla 53 cidades que dependem de nossas ações, não é só Juazeiro" ressaltou Bomfim.

Ainda sobre este recurso, a secretária também comentou: "Reitero que nos cofres da secretária da saúde, entrou cerca de R$ 14 milhões, o que pode ter acontecido, é que o site da capital que divulgou esses números, deve ter colocado o Hospital Regional (que é do Governo do Estado) na somatória por ter sede em Juazeiro" esclarece.


Com informações do RedGN

 

Para ler outras matérias  acesse, www: professortacianomedrado.com

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS