EDUCAÇÃO:SP ANUNCIA VOLTA ÀS AULAS DO ENSINO MÉDIO DIA 7 DE OUTUBRO

Foto reprodução internet/Google

Da:
  Redação
Prof. Taciano Medrado

 

retorno das aulas presenciais do ensino médio das escolas públicas e particulares de São Paulo foi mantido para o dia 7 de outubro. De acordo com o governo, a medida vale também para a EJA (Educação de Jovens e Adultos). Já as aulas presenciais do ensino infantil e fundamental só devem voltar no dia 3 novembro

O anúncio oficial foi feito na coletiva desta sexta-feira (18) pelo governador João Doria (PSDB). O retorno deve ser feito dentro de uma programação escalonada e não é obrigatório. O governador frisou que cabe a cada prefeitura decidir o momento certo de reabrir as escolas..

Segundo o governo, a decisão de começar pelo retorno de jovens e adultos é baseada no índice de evasão escolar. "Essas etapas são as mais afetadas pela evasão escolar e que pejudica, principalmente, os estudantes mais pobres", afirmou Doria. Em 125 municípios paulistas as aulas de reforço escolar já começaram e tentam diminuir essa lacuna.


João Doria também anunciou a liberação de mais R$ 50 milhões para manutenção dos prédios escolares no estado. Para garantir a segurança na rede estadual, a Secretaria da Educação vai distribuir 12 milhões de máscaras de tecido, 300 protetores faciais de acrílico, 10.168 termômetros a laser e 10 mil totens de álcool em gel

 

Prioridades e cuidados de reabertura

De acordo com o plano de retomada, as escolas opteram pela volta devem priorizar o retorno dos alunos do 3º ano que deveriam estar finalizando o ensino médio. 

Cada instituição deve apresentar um plano de retorno as aulas, e caberá às Diretorias de Ensino e Secretarias de Educação avaliarem. "São muitos fatores que devem ser apresentados como transporte e merenda", explica Rossieli Soares, Secretário Estadual de Educação.

Retorno na capital

Os preparativos para o retorno das aulas na capital foram finalizados, segundo a prefeitura municipal. Os protocolos de higienização foram construídos com os educadores e a UNFESP (Universidade Federal de São Paulo).

A capital afirma que adquiriu 2 milhões de máscaras e 200 mil protetores faciais de acrílico. Ainda de acordo com a prefeitura, os contratos de limpeza das escolas foram revistos para que os protocolos de saúde sejam garantidos.


R7

Para ler outras matérias  acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.


Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS