EDITORIAL: POR QUE TANTA DIFICULDADE PARA SE ENCONTRAR UM NOME PARA O MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ?


Foto reprodução internet

Por: Taciano Gustavo Medrado Sobrinho
Professor, Agrônomo e Administrador

Desde a saída de Abraham Weintraub do Ministério da Educação a pasta está sem comando. Pra complicar o professor Carlos Alberto Decotelli  nomeado pelo presidente Bolsonaro só durou no cargo  uma semana, a sua nomeação teve que ser revogada por inconsistências em seu Curriculum Later. Semana passada um nome surgiu, a do também professor Renato  Féder  mas sofreu muita resistência por parte dos bolsonaristas e da ala dos evangélicos forçando-o a declinar do convite .

Essa semana surgiu o nome de José Gobbo Ferreira, um militar critico ferrenho do comunismo e dos petismo. Hoje (07) de acordo com o Metrópole,  surge mais um nome, o do  líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), como sendo o mais novo cotado para assumir o Ministério da Educação e que teria recebido um telefone no domingo (5) do presidente Jair Bolsonaro convidando-o a assumir a pasta. 

Segundo a colunista Cristiana Lôbo do G1,  Bolsonaro havia  convidado  Vitor Hugo para um almoço, nesta segunda (6), no Palácio do Planalto. O assunto foi a educação no país, 

Vitor Hugo confirma, apenas, ter sido sondado pelo presidente sobre a possibilidade de assumir o ministério."Ele me perguntou se eu toparia, caso ele me escolhesse, e eu disse que sim", afirmou.

O presidente Bolsonaro tem demonstrado especial preocupação com o ensino básico e com o ensino profissionalizante. A ideia dele é ampliar o atendimento a estudantes nos 38 Institutos Federais e também nas Cefets, para beneficiar um maior número de alunos. O presidente quer também maior atenção ao ensino básico.

Os resultados obtidos pelo Brasil no Pisa, o Programa Internacional de Avaliação de Estudantes também preocupam Bolsonaro e disse a interlocutores que "fica ruim para o Brasil" estar nos últimos lugares no Pisa. Em 2018, o Brasil ficou em 59º. lugar entre 79 países que participaram da prova.

Enquanto isso continua o  imbróglio em torno  de um nome para assumir um ministério de tamanha importância para o pais . Quem esperava ser o Ministério da Saúde o "calcanhar de Aquilles" do governo, o da Educação tem "roubado"  a cena. 


Para ler outras matérias  acesse, www: professortacianomedrado.com

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ENQUETE

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS