URGENTE: MÉDICO BAIANO RELATA DESCASO NO TRATAMENTO DA COVID-19 E CHAMA RUI COSTA E VILLAS BOAS DE "DEUSES DA MORTE" . ASSISTAM AO VÍDEO-DENUNCIA.

foto reprodução You Tube

Da Redação
Prof. Taciano Medrado

Olá caríssimo(a)s leitore(a)s,

Em matéria publicada pelo tabloide eletrônico Farol da Bahia, o médico, Dr. Djalma Duarte – Cremeb 8072 – que está trabalhando na linha de frente para o combate ao novo Coronavírus, usou as redes sociais nesta sexta-feira (26), para denunciar o descaso dos órgãos públicos referente a medicação do tratamento da Covid-19, para pacientes do Sistema  Único de Saúde – SUS . Sem eu relato, ele fala do cansaço e denuncia o fato de tentar prescrever o receituário de medicamento da hidrocloroquina e os pacientes não conseguirem comprar nas farmácias sendo que só é possível para quem necessita desse medicamento, mesmo em casos graves receber através do Dires (Diretoria Regional de Saúde).

"Para que os meus pacientes possam usar o remédio eu tenho que fazer um relatório, paciente por paciente, para que o prefeito da cidade encaminhe uma ambulância para buscar os medicamentos na Diretoria Regional de Saúde (Dires), que fica a mais de 200 quilo metros de distancia. a hidroxicloroquina, não tem na cidade em lugar nenhum, em farmácia nenhuma porque o governador do Estado Rui costa e o secretário de saúde Villas Boas estabeleceram essa regra. Nós médicos, temos que fazer relatório e mandar para eles, os "Deuses da morte", liberarem. deuses da morte por que os pacientes estão morrendo por causa deles, os políticos. como é que , médico, prescrevo um paciente agora, em condições graves e tenho que aguardar decisão "politica? ". 

O Dr. Djalma cita  o caso de tres pacientes com fatores de risco, na unidade pública do interior da Bahia a qual ele trabalha a cada 15 dias .

Ainda em seu relato ele conta que um paciente testado positivo para o covid-19 teria feito a oximetria de 80 e seria transferido para a UTI mas não poderia dar o medicamento, já que há escassez. Para que o enfermo fizesse o uso da hidroxicloroquina , ele,retrata que pela não acessibilidade do medicamento, e a distancia que ele se encontra o infectado, em estado grave teria que esperar 24 horas pelo remédio , o que poderia dificultar um resultado positivo no tratamento.

O médico continua dizendo que esse fator só aconteceria "se o governador do estado Rui costa e o secretario Villas Boas , acharem que é correto" dar  a medicação para o paciente e questão.

Atualmente a hidroxicloroquina esta sendo usada para o tratamento da Covid-19, doença causada pelo novo coronavirus. O medicamento é conhecido como endo de uso controlado que tem efeito imunomodulador que fornece aumento a resposta imune contra determinados microrganismos. 

Na denuncia o medico cita que a Bahia possui 40 mil comprimidos afirmando que estariam "estocados" e não seriam de fácil acesso como divulgados pela mídia, não havendo nem disponibilidade nas farmácias.

" A prefeitura não tem comprimido o médico atende os pacientes nos hospitais, nas emergências, dá o diagnóstico e não pode prescrever, porque eles estabeleceram essa regra " criminosa".

No final do vídeo, ele pede um posicionamento e uma mudança, chamando o governo de "medíocre", e que população tem assistido "crimes em cima de crimes". Finalizou.

Assistam ao vídeo-denuncia do médico.




Para ler outras matérias  acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ENQUETE

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS