URGENTE: GUEDES CONFIRMA AUXÍLIO EMERGENCIAL POR MAIS DOIS MESES


foto ilustração internet
Da Redação
Prof. Taciano Medrado

Olá caríssimo(a)s leitore(a)s,

Nesta terça-feira (9) o ministro da economia, Paulo Guedes, confirmou que o governo estenderá o auxílio emergencial, sendo pago mais duas parcelas a trabalhadores e, lançará um projeto de renda mínima, o Renda Brasil, além de retomar o Programa Verde Amarelo, que prevê impulsionar empregos e flexibiliza contratos de trabalho.

Em reunião com deputados na última segunda (8), Paulo Guedes disse que o programa Renda Brasil substituirá o Bolsa Família e será mais abrangente, incluindo parcela dos trabalhadores informais identificados pelo governo durante a pandemia.

Ainda, Guedes informou que o Executivo deverá pagar por mais dois meses o auxílio emergencial, porém, em duas parcelas de R$ 300, valor inferior aos R$ 600 pagos atualmente.

“O presidente já lançou e comunicou que por dois meses nós vamos estender o auxílio emergencial. Nós estávamos num nível de emergência total, a R$ 600. Nós vamos começar agora uma aterrissagem com uma unificação de vários programas sociais e o lançamento de um Renda Brasil, que o presidente vai lançar porque aprendemos também durante essa crise que havia 38 milhões de brasileiros invisíveis e que também merecem ser incluídos no mercado de trabalho”, afirmou o ministro nesta terça, em reunião do conselho do governo.

De acordo com um dos integrantes da equipe econômica, diversas áreas do ministério estão fazendo estudos para finalizar o projeto. No entanto, o ministro Paulo Guedes não deu mais detalhes sobre o programa.


O ministro também informou que o governo pretende voltar com o programa verde amarelo. O presidente chegou a enviar ao Congresso uma medida que criava o programa, mas ela perdeu a validade antes de provisória que criava o Programa Verde Amarelo, portanto, perdeu a validade antes de ser aprovada pelos parlamentares.


Calendário da 3ª parcela

O calendário da 3ª parcela tem grande expectativa de ser divulgado em breve. De acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, o cronograma deve ser liberado em breve. Havia uma grande expectativa pela liberação na última segunda-fera (08). No entanto, o cronograma não saiu.


Junto com o cronograma, será anunciado também a data de pagamentos do auxílio de R$ 600 referente aos lotes residuais, contemplando os beneficiários que não receberam nenhuma parcela.
 




Para ler outras matérias  acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS