JUAZEIRO - BAHIA: ASSOCIAÇÃO BAIANA DE SUPERMERCADOS (ABASE) , QUESTIONA DECISÃO DO PREFEITO PAULO BOMFIM DE FECHAR O SETOR AOS FINAIS DE SEMANA .



Da Redação
Prof. Taciano Medrado

Olá caríssimo(a)s leitore(a)s,

Segundo matéria publicada no RedeGN , a Prefeitura Municipal de Juazeiro recebeu ofício da Associação Baiana de Supermercados - ABASE- através do seu presidente, Joel Feldman, onde sugere que o  gestor público Marcus Paulo de Alcântara Bomfim reavalie  as medidas restritivas adotadas pelo município no que diz respeito ao setor de supermercados.

No oficio o Joel Feldman, diz  compreender a preocupação do Poder Público na adoção de medidas que visam conter a propagação do COVID-19, mas ressalta a essencialidade dos serviços oferecidos pelo setor para garantia do abastecimento dos munícipes em relação a gêneros de primeira necessidade.

 Senão por outra razão, a ABASE tem estado atenta a qualquer ato normativo que vise regulamentar horário de funcionamento de supermercados, primeiro para evitar aglomerações de consumidores nos horários em que os supermercados possam funcionar; segundo, para garantir tranquilidade aos cidadãos e evitar as “compras em massa”, diante do receio de falta de algum item em contexto de estabelecimentos fechados; terceiro, porque a restrição setorial pode acabar por provocar a necessidade do deslocamento mais intenso de pessoas entre Municípios, na busca dos itens de primeira necessidade”, pontuou Joel.

A ABASE lembrou ainda que :  No caso de Juazeiro, especialmente, a proximidade com Petrolina poderá deslocar os munícipes para a praça contígua, o que amplia o fluxo de pessoas – na contramão de qualquer diretriz de combate ao vírus. Estas são as principais diretrizes que a Associação está a zelar: a garantia do abastecimento seguro e contínuo; a tranquilidade dos consumidores em tempos de tantas adversidades, salientou.

A ABASE questionou a decisão tomada pelo prefeito Paulo Bomfim e afirma  que os atos normativos adotados em Juazeiro contrariam todas as medidas adotadas no mundo inteiro, mesmo em cidades onde foi adotado o lockdown:

 “Pondere-se, ainda, que nenhum ato normativo, mesmo em qualquer cidade pelo Mundo em que se estabeleceu lockdown absoluto, restringiu acesso a supermercados e farmácia. Com isso, a ABASE vem formalizar as ponderações traçadas, e solicitar a compreensão de Vossa Excelência para autorizar o funcionamento de mercados, supermercados e hipermercados também aos sábados, domingos e feriados, sem a restrição imposta pelo citado decreto, requerendo, ainda, a designação, com a urgência que o caso requer, de uma AGENDA com o Poder Executivo local, através de videoconferência, de modo que possa colaborar com dados específicos do seu setor, declarou.




Para ler outras matérias  acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ENQUETE

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS