PREFEITURA DE FEIRA DE SANTANA TRANSFORMA HOSPITAL PARTICULAR FECHADO EM "HOSPITAL DE CAMPANHA " NO COMBATE AO CORONAVÍRUS .


Da Redação
Prof. Taciano Medrado

Olá caríssimo(a)s leitore(a)s,

Anunciado como possibilidade pela Prefeitura Municipal de Feira de Santana, o hospital de campanha, para atendimento de pacientes com coronavírus, será montado no hospital-maternidade da rede particular Mater Dei. A informação foi publicada no Diário Oficial de da última quinta-feira (23).

Segundo o decreto, fica determinada a requisição administrativa do imóvel, bem como dos bens móveis nele existentes, para a utilização como hospital de campanha, destinado ao enfrentamento da Calamidade Pública de Saúde decorrente do
Coronavírus (COVID-19), no âmbito do Município.

A
unidade poderá ofertar até 50 leitos. Através da Secretaria de Serviços Públicos (Sesp), a prefeitura realizou serviços de recuperação e adaptação de toda a estrutura. A Mater Dei, que suspendeu as atividades há cerca de seis meses, passou por manutenção que abrangeu lavanderia, cozinha, reparo de equipamentos, sanitários, área externa e preparar os leitos com equipamentos necessários.

Todas as ações necessárias para funcionamento da unidade hospitalar, reforçando a rede pública municipal para emergência do coronavírus, já estão sendo adotadas pelo Governo Municipal.
“Vamos utilizar torpedo de oxigênio. Também fomos buscar dois respiradores que estavam na região necessitando de manutenção, para serem utilizados, além de aquisição emergencial de material e definição de equipe de saúde e de estrutura”, afirmou o prefeito Colbert Martins.

A indenização devida pelo Município de Feira de Santana, em decorrência desta requisição, será no valor de R$1,9 milhão, quantificada e quitada no momento da posse. O recurso para o pagamento veio através de uma emenda federal, solicitada pelo deputado Zé Neto (PT). A utilização do equipamento vigerá enquanto perdurar os efeitos da situação de Calamidade de Saúde Pública de importância internacional decorrente do Coronavírus.

No final do mês de março, em entrevista ao Jornal Folha do Estado, o prefeito contou que cogitava possibilidade da construção de um Hospital de Campanha. Segundo o gestor, a ideia surgiu a partir de um encontro com um coronel do Exército. A prefeitura também cogitou a possibilidade de utilizar o CT do Fluminense de Feira, que já possui instalações propicias para atender a população caso precise de leitos.

Outras ações imediatas tomadas foram a chegada de respiradores que serão montados UTI no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), mas que deve chegar ainda até a semana que vem. No Hospital Dom Pedro haverá uma área na Rua Geminiano Costa, próximo a Associação Comercial, que funcionará como um Centro de Atenção a Pessoas com Doenças Respiratória.

Ainda não há uma data para inauguração do espaço. Porém, segundo informações apuradas junto a prefeitura, haverá uma licitação para escolha de uma empresa para gerir o hospital de campanha. O processo deverá durar entre uma semana a 10 dias.

GRIFO NOSSO!

ENQUANTO EM JUAZEIRO NO NORTE DA BAHIA A SANTA CASA DE MISERICÓRDIA SE TRANSFORMA EM UM GRANDE "ELEFANTE BRANCO" POR FALTA DE AÇÕES EFETIVAS DO PODER PUBLICO MUNICIPAL E DOS VEREADORES INERTES QUANDO PODERIA SE TRANSFORMAR EM UM HOSPITAL DE CAMPANHA .

Fonte: G1

Para ler outras matérias  acesse, www: professortacianomedrado.com

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog do professor Taciano Medrado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ENQUETE

LEITORES ONLINE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Marcadores

Seguidores

Arquivo do blog

TM TV

PARCEIROS